Home / Conteúdo / Notícia

|http://www.webrun.com.br/h/noticias/usain-bolt-e-paula-radcliffe-acusam-lesoes-as-vesperas-das-olimpiadas/13765|http://www.webrun.com.br/h/noticias/usain-bolt-e-paula-radcliffe-acusam-lesoes-as-vesperas-das-olimpiadas/13765
Notícias

Por Webrun | 06/07/2012 - Atualizada às 16:59

Usain Bolt e Paula Radcliffe acusam lesões às vésperas das Olimpíadas

Velocista jamaicano e maratonista britânica lutam para se recuperar a tempo de competir em Londres

  • Usain Bolt está com lesão nas costas Crédito: ToNG/ Licença Creative Commons 2.0
  • Paula Radcliffe está às voltas com artrose no pé esquerdo Crédito: nshepheard/ Licença Creative Commons

A mais curta e a mais longa prova de corrida das Olimpíadas estão com a presença de dois de seus principais nomes em risco. Donos dos recordes mundiais em suas respectivas modalidades, o jamaicano Usain Bolt e a britânica Paula Radcliffe anunciaram nos últimos dias que estão com lesões preocupantes.

Homem mais rápido do mundo- Bolt é o principal nome do atletismo jamaicano, favorito às medalhas nas provas de velocidade. Recordista mundial dos 100 e dos 200 metros rasos, ele foi “apenas” o segundo colocado nas provas da seletiva jamaicana para as Olimpíadas no último final de semana.

O velocista cancelou sua participação na Liga de Diamante da Iaaf no dia 20, em Mônaco, por conta de uma suposta lesão nas costas. Ele tem que estar pronto para correr no dia três de agosto, quando tem início o atletismo nas Olimpíadas.

Curandeiro alemão- Usain Bolt trata da lesão com o mesmo médico que a recordista mundial de maratona, a inglesa Paula Radcliffe. O alemão Hans Muller-Wohlfart é o preferido para tratar os mais renomados atletas do mundo.

Paula, principal representante no atletismo dos anfitriões olímpicos, voou para Munique (Alemanha) na quarta-feira (04/07) para uma consulta com “Hans Curandeiro”, como é conhecido o doutor. Ela diz sofrer de uma artrose recorrente no pé esquerdo.

“Não acho que minha participação nos Jogos esteja ameaçada a essa altura”, declara Paula. A fundista diz ter condições de correr, mas em um doloroso estado. Tanto a maratona feminina quanto a final masculina dos 100 metros serão realizadas no dia cinco de agosto.

Comentários

Publicidade

Publicidade