• Corridas de Rua - Sem patrocínio, mas sempre buscando motivação. Conheça o corredor Fernando Beserra

Sem patrocínio, mas sempre buscando motivação. Conheça o corredor Fernando Beserra

Atleta é coletor de resíduos domésticos e corre há dez anos

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A rotina é pesada, acorda cedo, trabalha como coletor de resíduos domésticos, onde adquire resistência, e depois parte para os treinos em busca de aperfeiçoamento da performance e ritmo no dia a dia. Esse é basicamente um dia do atleta Fernando Beserra.

Corredor há 10 anos começou esporadicamente, mas ao entrar em sua atual empresa o esporte tornou-se um grande aliado. “Geralmente treino ao encerrar o expediente, no horário da tarde, utilizo um tempo mínimo e costumo correr uma média de 60 a 70k semanalmente, já no trabalho a média chega a 100k”, conta.

Quer participar da Corporate Run. Clique aqui e inscreva-se!

Mesmo sempre em movimento, ele procura separar as duas situações. “O fortalecimento é essencial, mas ele trabalha com o básico, evitando comprometer o corpo devido o cansaço do trabalho”.

Ele está em todas!

Independente dos resultados e da classificação, Fernando se aventura em todas as distâncias, às vezes encarando desafios, mesmo sem ter uma preparação adequada de treinos. “A força de vontade para superar é sempre maior”.

O atleta lista as conquistas como o 1º lugar na Red Bull Amazônia Kirimbawa 50k, em 2013, o Desafio Samurai onde conquistou o melhor tempo no desafio de 67k da Uphill Marathon, subindo a Serra duas vezes no mesmo dia.

“Uma das mais marcantes foi o dia em que resolvi participar de uma ultramaratona, 24h na pista da escola de fuzileiros navais, do Rio de Janeiro. Percorri 205k”, lembra.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

As outras competições que costuma participar são as distâncias tradicionais de corredores como 5k, 10k, 15k e 21k. Além das principais maratonas de São Paulo e Rio.

Dificuldades

“Sempre tem aqueles altos e baixos, mas faz parte. Estou constantemente buscando forças para continuar. Ultimamente venho beliscando alguns pódios por aí”.

Manter-se em competições e com bons equipamentos é difícil, mas ele não desiste. “De vez em quando aparece algum apoio, mas patrocínio é só na promessa. Independente de qualquer situação não desanimo e sigo em frente. Amo correr e busco sempre encontrar um jeito de me motivar novamente”.

Foto: Christina Volpe/Webrun

Foto: Christina Volpe/Webrun

Comentários

Tags:, , , , , , , , ,
Christina Volpe
Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade